Conheça os requisitos gerais para entrar na França





Para o brasileiro entrar em território francês para viagem turística por até 90 dias, são necessários preencher os requisitos abaixo:

  1. Passaporte válido
  2. Seguro internacional
  3. Comprovante de estadia
  4. Comprovante de condições de entrada e saída
  5. Comprovante de meios de subsistência

Confira a seguir informações mais detalhadas sobre cada uma das condições:

Isenção de visto

Quem vai ficar na França por até 90 dias em viagem turística não precisa de visto.

O visto não é exigido para estadas de até 90 dias (a cada 180 dias). Quando esgotados os 90 dias, o brasileiro deverá ausentar-se do território, aguardando o término do prazo dos 180 dias para a possibilidade de novo ingresso no Espaço Schengen – do qual a França faz parte – na qualidade de turista.

No caso de visto de longa duração (mais de 90 dias), necessário o requerimento no Consulado Francês.

Porém, todo cidadão estrangeiro está sujeito a apresentar documentos que comprovem o motivo de sua viagem à França e a permissão para imigrar está sujeita às interpretações dos agentes de fronteiras locais.

Agora vamos às condições:

  1. Passaporte válido 

O passaporte deve ter validade superior a 3 meses a partir da data de saída do território europeu.

Por exemplo, se você pretende permanecer por um mês na França, o passaporte deve ser válido por ao menos 4 meses.

Portanto, é recomendável viajar com um passaporte válido por pelo menos 6 meses, no caso de você decidir permanecer 90 dias (permanência máxima autorizada sem visto).

  1. Seguro internacional

Todos os estrangeiros (submetidos ou não a um visto de curta duração), que desejarem ingressar na França devem obrigatoriamente estar munidos de um seguro-saúde internacional e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 € e que cubra todo o território Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça).

Para cotar seu Seguro Viagem Internacional, clique neste Site de Busca de Seguros On-Line.

É garantia de economia, isso sem contar que dá p/ parcelar em 12 sem juros! Não deixe de conferir.

  1. Comprovante de estadia

O ingresso no território francês será analisado pelo agente da imigração, na fronteira.

Na oportunidade deve-se apresentar um comprovante de hospedagem na França, que deve ser uma reserva de hotel, um contrato de aluguel, uma carta da empresa ou o atestado de acolhimento.

O Atestado de acolhimento (attestation d’accueil) é um documento oficial (Cerfa n°10798*03) emitido pela Mairie ou Préfecture do município onde mora a pessoa que irá acolher o visitante na França. O visitante deverá apresentar este documento, versão original, à Polícia da Fronteira no momento da chegada, em caso de controle.

  1. Comprovante de condições de entrada e saída

São as passagens de ida e volta.

  1. Comprovante de meios de subsistência

Os comprovantes de meio de subsistência são o dinheiro em espécie, cheques de viagem, cheques certificados, cartões de crédito internacionais, dentre outros, que levamos para o país.

Valores definidos: 65 € por dia para cada pessoa ou 32,50 € por dia se a pessoa for titular de um atestado de acolhimento (vai ficar na casa de uma pessoa que reside em território Francês).

VEJA TAMBÉM: